IdIOtIcEs

hÁ mOmEntOs dE sEntIr IdIOtIcEs
EspEcIAlmEntE qUAndO sE AmA
E O cOrAçÃO dIspArA AO sImplEs AbrAçO
Ah, tEmpOs dE AdOlEscÊncIA mAldItA
qUE nOs rOndA E qUE nOs InflAmA.

pOrÉm A mAIs dUrA mElAncOlIA
rEgrEssA qUAndO cAEm Os mUrOs
qUAndO sE pErcEbE qUE nAdA tÊm:
nEm A AmAdA, nEm Um mUndO jUstO
E qUAndO sE vÊ, pErdEU-sE O rUmO

vOltA-sE À dIstÂncIA prUdEntE
lOngE dOs mEdOs, dOs frIOs cOtIdIAnOs,
dOs AssOmbrOs qUE nÃO pErmItE AvAnçOs
dIAs sEgUrOs, cAlmOs, lOngE dE sOlAvAncOs
dIstAntE dE dOrEs qUE AtInjAm Os mErIdIAnOs

qUE AngUstIAntE fOrmA dE sEntImEntO,
dAs sOtUrnAs nOItEs dUm fIm dE sEmAnA
lOngO, lOngO, lOngO dE hOrAs dUrAs
cOm UmA sOfrÍvEl pErdA dOs sEntIdOs
AO sE ArrIscAr Um sOnhO Em qUE sE AmA

AO sE tEr nAs mÃOs, nUm AbrAçO...
A EspErAnçA dE UmA vIdA IntEIrA
O chEIrO dOs cAmpOs EntrE cAbElOs,
mAs, AO tOqUE dE sUA pElE, tÊnUE sEdA,
ArrAsO mInhAs chAncEs dErrAdEIrAs.


sEvErIAnO

Nenhum comentário:

Postar um comentário

As mudanças sempre são necessárias e seu comentário bem-vindo!

A r q u I v O s